3 erros na hora de comprar o seu ar-condicionado

Não pensar no tamanho e onde o ar-condicionado será instalado: Não sabe quantos BTU precisa?! Esse é o principal erro cometido na hora de escolher o seu ar-condicionado! Se você escolher um aparelho potente demais para o seu ambiente, pode acabar baixando demais a temperatura e fazendo você se sentir desconfortável, enquanto um mais fraco não vai ser capaz de garantir os níveis de temperatura que você deseja. No nosso site você encontra uma calculadora para escolher o tamanho ideal do seu aparelho.

Na hora de escolher o local da instalação, opte por uma área sombreada e bem arejada. Isso porque o calor pode esquentar seu aparelho e fazê-lo consumir mais energia. Ah! O técnico é a melhor pessoa para definir o ponto ideal da instalação, por isso, converse bem com ele para garantir o melhor desempenho.

Não checar a rede elétrica antes de comprar: Geralmente, os aparelhos de ar-condicionado possuem uma alimentação de 220v. Então, sua rede elétrica deve ser compatível para suportar esse tipo de alimentação e fazer o seu aparelho funcionar corretamente. Evite queimar seu aparelho, atenção especial nesse detalhe!

Escolher o tipo errado de aparelho: Atualmente, existem diversos modelos de ar-condicionado. Porém, os mais escolhidos para casas são os de janela e Split.

Os modelos de janela são aqueles que ficam com a parte de trás na área externa do ambiente. Essa tecnologia é mais tradicional e é comum que esse tipo de aparelho gere mais ruído. Geralmente conta com preço mais atrativo e tem uma instalação mais fácil em relação ao modelo Split.

Os modelos Splits são divididos em 2 unidades: uma interna e outra externa. Suas tecnologias são mais novas, sendo bem econômicos e silenciosos, já que a condensadora (parte externa) é instalada em um local aberto, deixando apenas a evaporadora (parte interna) no ambiente.
Ficou com alguma dúvida?! Entre em contato com a gente!

Leia também: 3 sinais que seu ar-condicionado precisa de uma manutenção